Produções Acadêmicas

Longa espera

André Luís Paolucci de Carvalho   Ventania, tempestades e saudades.Lágrimas escorrem dos Pampas.Um povo peleia pela vida,enfrenta a sombra da mortee navegam pelas correntezas do Guaíba.Vencem dolorosos rios de lágrimas.Bota, bombacha, lenço e espora de prata.Exaustos, asfixiados pela dor e medo.São invencíveis heróis anônimos do Rio Grande.O véu da tristeza não ofusca os campos radiantes de sol,onde […]

Um dia da minha infância

André Paolucci   Acordei com sono naquele dia de sol. Nessa época, nos radiantes 10 anos, tinha poucas preocupações, muitos sonhos e algumas responsabilidades na casa das três janelas. Antigo imóvel da Rua Padre Manoel Rodrigues, mais conhecida como “Pau de Barbas”.O primeiro compromisso era o café da manhã na casa dos meus avós. Eu […]

Overbooking

Ronaldo Dutra de Araújo   quando estamos prontos uma longa espera estampada nos rostos   depois de estafantes preparativos depois de longamente discutirmos com o agente de viagens   e depois de lutarmos bravamente com as malas e seus fechos encrencados   quando finalmente estamos prontos vem o médico tranquilo   a enfermeira sorridente e […]

O tempo nosso de cada dia

Momento de transição. Um ano se despede cedendo lugar a outro ao qual chamamos de “novo”. Nada mais que um marco entre passado e futuro. E, entre um e outro, está o hoje. O presente.  Não se trata apenas de referências temporais. É, sim, muito mais que isto. É neste “agora” que nos colocamos diante […]

Sagrado coração

A estrela brilhou! Você consegue ver? Talvez sim. Talvez não. Mas contempla extasiado, a falsa luz dos enfeites. E o que Ele ensinou? Lembra-se? Talvez sim. Talvez não. Em algum lugar do passado, na manjedoura o menininho dorme e Maria sorri por nós. Quase esquecemos deles, na manhã de Natal.   André Paolucci

Difícil e complicado

Ricardo Salim   Minha vida era normal Até o dia em que conheci essa mulher Parece figura sobrenatural Acho até que vou consultar um psiquiatra Para compreender a situação   Em casa só tem uma TV Se eu quero futebol, ela gruda no GNT alguém pode me explicar? Porque ainda eu vou para o trabalho […]

Revivendo Conquista, a Fazenda de minha infância

Aurea Luíza Vasconcelos   Meu olhar se volta para tempos remotos… E em meio à bruma, vão surgindo A casa grande ao pé da colina… a varanda…  nela, paisagens criadas pela mão de um  mestre… e eu passeando por aquelas paragens sem sequer desconfiar o tamanho do mundo! Do outro lado, o jardim… Lembro – […]

O Homem do Monumento da Praça dos Andradas

A estátua de um homem, segurando numa das mãos o seu chapéu, representa uma das mais importantes figuras históricas do estado de Minas Gerais   Maio de 2022. Numa manhã fria do característico outono barbacenense, atravessando o cruzamento da Rua XV de Novembro com a Rua Teobaldo Tolendal, vi emoldurado pelas grandes e antigas árvores […]

O Salvador da Pátria 

André Paolucci   A dor que sufoca sua mente com duas mãos imaginárias, foi enfim aliviada. A serenidade da multidão vazia, ávida por um profeta embriagado, mesmo oco e feito de barro foi o bálsamo suficiente. Pois do pedestal santificado, ele continuará pensando por vocês. Abelhas da colméia! Cegas, surdas, nunca mudas. Afinal, a verdade […]

Ah, o amor

Luciano Alencar da Cunha Ah, o amor… Na juventude é primavera, na maturidade outono. Na primavera encanta, revela, impulsiona. No outono nutre, consolida, acalma. Na juventude é chama, na maturidade é brasa. A chama queima, intensa e rápida. A brasa aquece, estável e duradoura. Na juventude é expectativa, na maturidade certeza. A expectativa é cheia […]